Método

Foco na Oralidade e Auto-Confiança

Foco na Oralidade e Auto-Confiança

As atividades orais em classe buscam permitir que você desenvolva sua habilidade em falar inglês respeitando seu ritmo e percepção sensorial. Assim, você constrói um caminho seguro, permitindo-se cometer erros e a aprender com eles para um desenvolvimento gradual do contexto ao qual você é convidado a estar inserido. O professor cumpre papel coadjuvante em sala pois você já preparou seus estudos com antecedência em casa, assistindo às video-aulas disponibilizadas a você através do Portal do Aluno via online. O tema novo já foi estudado por você em casa antecipadamente. Assim, você entra em sala mais confiante, pronto para lapidar suas falas em inglês e esclarecer dúvidas.

Inglês Vivenciado no Cotidiano

Inglês Vivenciado no Cotidiano

As lições focam em diálogos do dia-a-dia, refletindo a aplicação de possíveis situações que você poderá enfrentar como um atendimento em hotel, em restaurante ou até de emergência. As estruturas de linguagem são indutivas, lhe levando à formação e compreensão de ideias e conceitos da fala comum e fluída.

Estímulo ao Pensamento Crítico

Estímulo ao Pensamento Crítico

Uma vez tendo preparado antecipadamente seus estudos em casa através da plataforma online de vídeo-aulas, o desenvolvimento da fala e fundamentação do conhecimento passa muitas vezes por um convite a uma análise mais crítica dos por quês de certas estruturas de linguagem, não pelo aspecto técnico gramatical, mas sim, pelo aspecto cultural do povo anglo-saxônico.

Gramática Indutiva

Gramática Indutiva

Você quando criança não precisou saber o que é um substantivo ou um adjetivo, um sujeito e predicado, um objeto direto ou indireto para poder sobreviver e se comunicar com sucesso, concorda? Você nem mesmo era alfabetizado e já sabia falar Português antes mesmo de ir para a escola para ser alfabetizado com 6 ou 7 anos de idade, não é verdade? Assim, nosso método propõe que você passe por processos similares à aqueles experimentados em sua infância para falar inglês com confiança, sem o uso direto de explicações gramaticais. Você terá a percepção auditiva de aplicar falas em inglês porque soam bem e não porque a gramática assim o determina. A definição de estruturas gramaticais é resultante de padrões comuns da fala e não o inverso. Pense nisso!